Posts com Tag ‘Aracaju’

NPD lança filmes produzidos em 2010

Publicado: 30 de novembro de 2010 em Acervo Kipá
Tags:, , ,

foto: Michel Oliveira

Fortalecer a cena audiovisual de Sergipe. Com esse objetivo, foram lançados na noite dessa sexta-feira, 26, os 11 curta-metragens produzidos em 2010 por alunos do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira, Aracaju (SE) | Programa Olhar Brasil. O evento, realizado no terraço do Mercado Thales Ferraz, foi marcado por muita alegria. A festa foi promovida pela Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (Funcaju) da Prefeitura de Aracaju, e encantou alunos, pessoas ligadas ao audiovisual, além de convidados.
foto: Michel Oliveira
Reunindo uma força de trabalho de quase 100 pessoas, os curtas apresentados também foram frutos da contribuição de profissionais renomados no audiovisual nacional. A coordenadora geral do NPD Orlando Vieira, Graziele Ferreira, afirmou que o lançamento dos curtas só tem a impulsionar o desenvolvimento do audiovisual do Estado.
“É com imenso orgulho que presenciamos essa ação em prol da cultura sergipana. A escolha do nome desse evento, Filmes Del Rey, foi feita junto aos alunos, para marcar a nossa identidade cultural. Nesta noite, a produção e exibição de nossos conteúdos transformam-se em um processo conectado. É de extrema importância tornar Aracaju competitiva na cena audiovisual brasileira”, declarou.
foto: André Moreira

Bosco Rolmeberg representou o prefeito Edvaldo Nogueira

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Aracaju, Bosco Rolemberg, representou o prefeito Edvaldo Nogueira no lançamento dos Filmes Del Rey. “O lançamento revela a capacidade e o talento quando se tem condições mínimas para se produzir audiovisual, concretizando essa possibilidade inovadora de construir uma história cinematográfica local. O NPD vem oferecendo toda uma base teórica e prática, estimulando o interesse da juventude para a criação de um movimento cultural do audiovisual em Sergipe. Nós da Prefeitura também abraçamos essa causa”, salientou Bosco.
Participações

Frederico Cardoso, coordenador executivo do Cine Mais Cultura/MinC

foto: André Moreira


De acordo com o coordenador executivo do Cine Mais Cultura/MinC, Frederico Cardoso, a movimentação no audiovisual em Sergipe tem sido bastante intensa. “Aos poucos se percebe que vão se construindo grupos ligados ao audiovisual, exibindo e contribuindo para o desenvolvimento desse circuito. Neste lançamento, nós pudemos conhecer as produções executadas ao longo deste ano no Núcleo de Produção Digital e constatar o quanto Sergipe vem desenvolvendo seu cenário audiovisual”, ressaltou o coordenador.

Tarciana Portella, representante do Ministério da Cultura/Nordeste

foto: André Moreira

A festa de lançamento também contou com a participação do coordenador da rede Cine Mais Cultura, Rodrigo Bouillet, e da representante do Ministério da Cultura/Nordeste, Tarciana Portella. Segundo ela, é extremamente rica a possibilidade de ter uma galera jovem se dedicando ao audiovisual. “O NPD e todos esses jovens estão de parabéns. Estamos todos juntos para fazer com que o Núcleo se desenvolva cada vez mais, constituindo um pólo de grandes produções e ações para o audiovisual aqui de Sergipe”, colocou.
Curta-metragens

Marcos Soares

foto: André Moreira

Durante a noite, o público apreciou a exibição dos 11 curta-metragens produzidos ao longo de 2010, nos cursos oferecidos no NPD Orlando Vieira. Os filmes ‘A Aposta’, ‘Aracaju em Movimento’, ‘Bloddy Jack’, ‘Cinzas’, ‘Do outro lado do rio’, ‘Liah’ e ‘Mais um dia’ foram alguns dos filmes exibidos no evento.
Para o aluno Marcos Soares, o resultado foi melhor do que o esperado. “Esse foi um ano bastante intenso e de muitas realizações para todos. Foram mais de 10 cursos, todos muito significativos para o resultado apresentado hoje. A visão do cinema foi sendo fortalecida ao longo dos últimos meses. Essa é uma noite muito especial para nós. Toda essa divulgação funciona para que as pessoas acreditem mais no audiovisual e em suas possibilidades”, explicou.

Cleiton Lobo

foto: André Moreira

Cleiton Lobo, que também participou da produção dos curtas, afirmou que o lançamento é o começo de muitas realizações sergipanas. “É muito satisfatório ver todo esse resultado, mas este é apenas o começo de todo o processo. A gente está tentando se entrelaçar nesse âmbito do audiovisual. A idéia pode parecer utópica, mas queremos lutar para criar uma forte cena audiovisual em nosso Estado, aproveitando todas as oportunidades”, apontou.
Kipá

Na oportunidade, foi divulgado também o surgimento do Instituto de Estudos e Produção em Audiovisual de Sergipe, o Kipá. Com 18 integrantes, o instituto promete disseminar a cultura sergipana através do audiovisual. Segundo o presidente fundador, Marcel Magalhães, o nascimento do Kipá foi motivado após a realização de cursos no NPD Orlando Vieira.
“Os cursos e os professores que encontramos no NPD foram grandes motivadores para o surgimento do instituto. Eles nos mostraram as imensas possibilidades que podemos aproveitar para produzir audiovisual”, comentou.
Encerramento

Banda Ode ao Canalha

foto: Viviane Castro

A banda sergipana ‘Ode ao Canalha’ fechou a noite com a apresentação do videoclipe ‘Tá Certo!’, também produzido durante um dos cursos realizados no NPD Orlando Vieira neste ano de 2010. O presidente da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas – Seccional Sergipe (ABD – SE), Anderson Bruno, disse acreditar na contribuição da movimentação do audiovisual.
Anúncios